sexta-feira, Janeiro 30, 2009

John Martyn (1948-2009)

Morreu um daqueles talentosos músicos que não abrem nem fecham telejornais porque, se não venderam milhões, não existiram. Ests figura maior, do folk da Grã-Bretanha, influenciou e tocou com outros que reconhecemos, de Clapton a Led Zeppelin.

Em 2008, foi lançado "Ain´t No Saint" (foto) com quatro discos que, para além de temas de discos editados, tem gravações em programas de rádio e na tv, temas difíceis de encontrar e trinta músicas que nunca tinham sido editadas, uma das quais é uma versão, ao vivo, de "Over The Hill" com John Paul Jones (sim, esse mesmo dos Led Zeppelin) a dar uma mãozinha.

Uma das últimas entrevistas que John Martyn deu poderá ter sido esta:"Legendary John Martyn on his nine lives"

Outras referências:


Vídeos:

John Martyn com Danny Thompson - "Couldn´t Love You More" (ao vivo, em 1977, no "The Old Grey Whistle Test" em 1977)




John Martyn - One for the Road" (Em 2004 ao vivo no "Later with Jools Holland")


Andrew e a sua Besta Nobre no Letterman


Andrew Bird esteve, há três dias, salvo erro, a assobiar pelo seu "Noble Beast". Já não tem que tocar todos os instrumentos.

Lisboa e Porto - PaRapáParaPá Ruby Ruby

Kaiser Chiefs, que vão tocar amanhã no Porto e, no dia seguinte, em Lisboa, tocam "Ruby" no programa do Jools Holland. Ao vivo, não costumam desiludir.

Cartaz Coachella fechado

Agora só falta o bilhete de avião e dizer ao patrão que prevejo uma valente gripe de 16 a 20 de Abril de 2009. O festival é só três dias mas os restantes ficavam para comprar umas sandálias e para ajustar o jacto lego.


quinta-feira, Janeiro 29, 2009

Baby, Do You Wanna Twit Me?


O Bob Dylan diria isto de uma forma melhor: "Baby, Let Me Follow You Down". Eu só sei dizer: Babies, vão ao Twitter e comecem a seguir-me em http://www.twitter.com/povd_ . Atenção que tem o _ (underscore) depois de povd porque o "povd" já estava tomado por um impostor.

Passion Pit com PS22

Em Staten Island, algumas das crianças da PS22 (Public School 22), quando vão para as aulas também vão motivadas para outras actividades como cantar no coro. Estes meninos e meninas do coro estiveram em estúdio com os Passion Pit, que se encontram a gravar o seu primeiro disco com a produção de Chris Zane, e a revista Fader registou algumas imagens. E não julguem que a rapaziada da PS22 é nova nisto. Eles já gravaram com Tori Amos,cantaram com os Crowded House e, nos "tempos livres", cantam covers de Tori Amos aos U2.




E o já clássico "Sleepy Head":

Marc Demuth + Sofia Ribeiro (hoje CCB)


A portuguesa, Sofia Ribeiro, actuará, esta noite, no CCB, com Marc Demuth.










"Samba em Prelúdio" (Sofia Ribeiro com o Quarteto de Marc Demuth)

terça-feira, Janeiro 27, 2009

Fleet Foxes no SNL

No dia 17 deste mês, no programa televisivo "Saturday Night Live", os Fleet Foxes foram os músicos convidados (e a actriz convidada foi Rosario Dawson).

"Blue Ridge Mountains"


"Mykonos"

segunda-feira, Janeiro 26, 2009

The Rakes Dezembrais





Se gostam dos Decemberists e de serem submissos, então passem por aqui que eles, a troco da vosso e-mail, dão-vos o mp3 de "The Rake´s Song", do novo disco, "The Hazards of Love", que sairá no fim de Março.

quinta-feira, Janeiro 22, 2009

ASSHOLES (pronúncia chinesa)


1 - As vacas aqui sempre podem fazer um coffee-break e ir ver os saldos ao El Corte Ingles.

2 - Não são vacas. Não vês que ninguém as munge.

3 - Olha, hoje quando passei os automóveis não circulavam porque estavam a dar copos de leite tirados no momento.

4 - São bois porque não têm cornos.

5 - Que giro. Este ano a cow parade pintou vacas vivas.

6 - No último dia, vão fechar a Av. de Berna e fazem uma tourada de cordas até ao Campo Pequeno, como lá nos Açores. Quando estiverem lá dentro, faz-se uma tourada à antiga portuguesa e, quando elas não derem mais nada, a malta mata as vacas ao pontapé. O Zé Manel leva o churrasco, montamos no meio da arena, e fazem-se umas bifanas do caraças. O Tiago disse que também vão matar a baleia e assim também servimos uns sushis ao pessoal que aparecer no Campo Pequeno.

7 - Não ouviste aquele, na televisão, dizer que as vacas precisam de uma protecção para a chuva e uns cobertorzinhos? Ao que chegámos. Até parece que lá nos Açores não apanham chuva e ficam toda a noite lá nos montes. Se puderam vir de avião, agora não podem apanhar uns dias de chuva e frio?

8 - Sabias que os baldes da palha são de um designer português?

9 - O meu tio, que é ferreiro, é que fez as letras "açores" mas ainda não lhe pagaram.

10 - Ainda bem que tem chovido porque assim confundem-se os dejectos das vacas com a lama.

11 - Vês como as vacas são estúpidas. Está a chover e elas estão debaixo das árvores sem folhas. Ainda lhes queriam arranjar uma casinha. Mariconços.

12 - Sim, filho, as primeiras vacas foram trazidas das ilhas dos Açores por um navegador português e nós, como povo, é que levamos as vaquinhas para todo o mundo. Porque é que pensavas que as vacas andam livres na Índia? Pelo respeito que eles têm aos portugueses.

13 - Eram treze vacas mas seis tiveram que ir fazer hidroterapia, por causa do frio que têm apanhado.

14 - Filho, Gandhi disse que a grandiosidade de uma nação e o seu progresso moral pode ser avaliado pela forma como trata os seus animais. Por isso, nós, os portugueses, colocámos as vacas numa das zonas nobres da nossa capital e damos-lhe de beber e comer. Percebeste? Podes dizer isto lá na escola aos teus amiguinhos.

15 - Não tem uma máquina de café? Não, minha senhora, neste momento só podemos dar copos de leite porque só as vacas é que estão a funcionar.

Ilustração: capa do disco "Atom Heart Mother" dos Pink Floyd, editado em 1970.

quarta-feira, Janeiro 21, 2009

Where The Photos Have No Name

Descubra as diferenças.




Artista: Taylor Deupree + Richard Chartier
Disco: "Specification.Fifteen"
Ano: 2006
Foto: Hiroshi Sugimoto

Obra composta por Taylor Deupree e Richard Chartier, a convite do Hirshhorn Museum and Sculpture Garden, de Washington, D.C., e inspirada na série Seascapes, do fotógrafo Hiroshi Sugimoto, a propósito da exposição retrospectiva que se realizou naquele museu, em 2006.

A obra foi apresentada ao vivo e o disco editado.









Artista: U2
Disco: "No Line On The Horizon"
Ano: 2009
Foto: Hiroshi Sugimoto










P.S. O Guardian diz que, afinal, há mais uma capa semelhante.

terça-feira, Janeiro 20, 2009

say it: O-B-A-M-A


Adam Freeland misturou "Aerodynamic", dos Daftpunk, e aproveitou para dizer que é uma celebração da eleição de Obama. Algo melhor que isto, no dia em que Obama assenta a sua escova de dentes na Casa Branca?


Daftpunk vs. Adam Freeland - "Aer Obama"



Realização: Gold (Greendot Films)

Epilepsy is Dancing (vídeo)




Do novo disco de Anthony & the Johnsons, "The Crying Light", desde ontem à venda, já há um vídeo para "Epilepsy is Dancing", graças à rapaziada da Pitchfork,






Anthony & the Johnsons - "Epilepsy is Dancing"


segunda-feira, Janeiro 19, 2009

João Aguardela (1969-2009)


No mesmo dia que fez vinte cinco anos que faleceu Ary dos Santos, partiu outro criativo, inconformado, comunista, que sempre procurou, com o seu trabalho, novos caminhos para a sua música e para a nossa música. Nos Linha da Frente, ao lado de outros músicos, entre outros poetas, musicou Ary dos Santos, e voltou a ele também com os Naifa.

A morte de pessoas como João Aguardela faz-nos, a todos, mais pobres. A cultura portuguesa está de luto.






Outras ligações sobre esta notícia:

"Público" (vídeo)

SIC

Sound + Vision

sexta-feira, Janeiro 16, 2009

Emmy, A Grande

Um dos artistas listados, ontem, na posta relativa ao MAP foi Emmy The Great. "First Love" é o primeiro single do disco (capa na foto ao lado) que sairá a 9 de Fevereiro, com o mesmo nome.

Emmy the Great - "First Love"




Realização: Ferry Gouw


MySpace: Emmy The Great

Florence and the Award




Ela, Florence (Florence & The Machine), ganhou o Brits Critics´ Choice Music Award 2009, ficando para trás a Little Boots e os White Lies, Senhor.

A Menina Dança?


Bom dj, boa gente e boa música, HOJE, no Incógnito, Lisboa.


quinta-feira, Janeiro 15, 2009

21 Canções - Music Alliance Pact 01/09

Mais um dia 15 e mais uma lista da interessantes projectos, de vinte e um países, da Music Alliance Pact.

Começamos o ano com um novo país na lista, a Roménia, e com uma notícia de página inteira, sobre este projecto, num jornal de grande circulação, o "Página 12", na Argentina (podem ler o artigo aqui). Da parte do "Posso Ouvir um Disco?", este mês, adaptaram-se os textos em inglês para português, o melhor possível (já que há expressões idiomáticas que não têm tradução possível). Cada texto é da autoria do blogger que enviou a participação.

Já sabem como funciona. Podem ouvir os temas, carregando com o botão esquerdo do rato em cima do nome da tema, ou fazer o download, carregando com o botão direito do rato sobre esse tema. Se desejarem descarregar todos os temas, há um ficheiro em .zip no fim da lista.

Aqui vai a listagem deste mês:


ALEMANHABlogpartei

The NotwistGood Lies

Os Notwist são provavelmente mais conhecidos fora do que na Alemanha. Eles são da cidade de Weilheim, na Bavária, onde outras bandas famosas, que partilham membros, são originários (os Console, Lali Puna e 13 % God). O som dos Notwist é construido na voz característica de Markus Acher e no discreto background electrónico de Martin Gretschmann.

AMÉRICA (Estados Unidos da)I Guess I’m Floating

Blind Man’s ColourJimmy Dove

Blind Man’s Colour chegou ao nosso radar, nos finais de 2008, com três excelentes versões dos Animal Collective. Com seu disco de estreia, Season Dreaming, que sairá no início deste ano, "Jimmy Dove" é o seu primeiro single explosivo. Eles têm uma boa hipótese de se tornarem a minha banda preferida de 2009, apesar de ainda estarmos no primeiro mês. Eles têm também um EP grátis que se chama Rainbow Faces que podem descarregar a partir do blog da banda(http://blindmanscolour.blogspot.com/2008/10/rainbow-faces.html). "Jimmy Dove" é um tema exclusivo para a MAP.

ARGENTINAZonaindie

Bicicletas11 y 20



Começamos o ano a ouvir, sem parar, a nova canção dos Bicicletas, uma superba banda de space-rock que tem agitado a cena independente de Buenos Aires, de alguns anos a esta parte. 11 y 20 será incluído no sue próximo disco Quema, que será lançado em Março pela Bingo! Records.

AUSTRÁLIAWho The Bloody Hell Are They?

The Middle EastBlood

Eu sinto que têm sido utilizadas demasiadas comparações aos Arcade Fire, nas críticas, por isso fareí o meu melhor para não comparar os The Middle East a uns dos melhores de Montreal. É difícil, de qualquer forma, porque este colectivo de Townsville, Queensland, enquadram-se nesses critérios, pelo menos inicialmente – um grande grupo de músicos (pelo menos seis, possivelmente sete) que criam dramáticos hinos de influências folk.

BRASILMeio Desligado

GuizadoRinkisha

Criados por Guilherme Mendonça, Guizado apresentam canções instrumentais que vão do jazz, passando pelo rock alternativo à electrónica experimental, mas sempre soando avant-garde. O seu primeiro disco, Punx, foi aclamado pela crítica (incluindo a "Rolling Stone" brasileira) como um dos melhores discos de 2008. Além de Mendonça, um reconhecido trompetista na cena de música underground de São Paulo, Guizado é formado por Curumin, Ryan Batista e Régias Damasceno, músicos envolvidos com alguns dos artistas mais criativos da cena alternativa brasileira. Rinkisha, um canção profunda e melancólica, soa como John Frusciante a tocar com os Tortoise.

CANADÁI (Heart) Music

Parachute PenguinYour Crimes

Sim, o nome deles é horrível. E, sim, esta música empresta, liberalmente, dos The Killers, mas, apesar disso, se o próximo EP dos Parachute Penguin, que sairá no fim de Fevereiro, é tão bom como este (ou tão bom como qualquer uma das faixas no fantástico EP de estreia que a banda lançou na Primavera), então não demorarão muito tempo para virem a tocar em estádios em todo o mundo.


CHILESuper 45

Como Asesinar A FelipesEn Busca De Un Nuevo Sueño

Como Asesinar A Felipes é a melhor maneira de perceber o que se está a passar com o hip hop chileno - referências cruzadas de estilos e letras profundamente chocantes. Alguns ex-músicos de jazz juntaram-se a Mc Koala Contreras e ao DJ Spacio para criar uma combinação, fora-de-vulgar, de jazz-rap. O seu disco de estreia, homónimo, lançado o ano passado, foi descrito como o melhor disco Chileno do ano até pelos media mainstream. Não há qualquer dúvida acerca disso. Nenhuma outra banda consegue atrair as nossas mentes, ouvidos e corpos como os Como Asesinar A Felipes.

COREIA DO SULIndieful ROK

The Invisible FishFallen

Em tempos, o meio masculino dos Bluedawn – o folk/dream-pop duo coreano mais bem sucedido– está agora completamente só nos The Invisible Fish. Para quem conhece os Bluedawn a sua música é lhes ainda familiar mas agora ele é mais experimental e as canções são mais pessoais. Não se querendo comprometer com o seu recentemente descoberto som post-noise-folk sound, The Invisible Fish lança tudo por si incluindo o seu segundo EP a solo, Lost/Sleepless, no mês passado.

ESCÓCIAThe Pop Cop

Evan CrichtonHoliday Time

Evan Crichton, de Glasgow, é um talento raro. É um cantor de quem as canções são de todos os tempos, talvez por serem imaculadamente passadas (nota: de passos) e parecem existir no mundo e no espaço por si só. Depois de um ano de ausência, Evan regressou para tocar ao vivo com uma banda e a cena musical escocesa é o melhor sítio para eles. “Holiday Time” é retirado do seu disco de estreia Bright Our Broken Days.

ESPANHAEl Blog De La Nadadora

SaioaIs It Possible

Do nosso ponto de vista, Saioa modificou o conceito de cantor-compositor. Ela vem do País Basco, e o seu disco de estreia, Matrioska Heart, foi lançado em 2008, na pequena editora espanhola Moonpalace (http://moonpalacerecords.com/). As suas canções seguem um caminho folk com influências dos Low e Leonard Cohen.

INGLATERRAThe Daily Growl

Emmy The GreatWe Almost Had A Baby

Apesar da espera, para o lançamento do disco de estreia de Emmy The Great, ter sido já suficientemente longa para fazer dele uma espécie de "Chinese Democracy" do indie-folk-pop, há a boa notícia de que o disco, First Love, sairá a 2 de Fevereiro. Este tema, lançado no final do ano passado, é o primeiro single do disco.

IRLANDANialler9

Gran CasinoOne Chance

An intriguing upbeat rabble-rousing orchestral racket from a 13-piece Dublin band who have the horn for brass and blustery rock epics. O seu EP de estreia Sun Music EP soa a Arcade Fire jamming com o Herbie Hancock.


ISLÂNDIAI Love Icelandic Music

Singapore SlingMartian Arts

Singapore Sling é uma banda de garagem negra, neo-psicadélica, formada em Reykjavik, em 2000, pelo cantor/compositor/guitarrista Henrik Baldvin Björnsson e pelo guitarra principal Einar Þór Kristjánsson. A banda é frequentemente comparada aos The Jesus And Mary Chain, The Velvet Underground e aos My Bloody Valentine. “Martian Arts” é retirado do seu quarto disco, Perversity, Desperation And Death, lançado em Novembro, na nova editora islandesa, a Microdot.

ITÁLIAPolaroid

ArnouxToday, A Rainy Day

Cascades, o disco de estreia de Arnoux, mistura melancólicos sintetizadores com sons acústicos e vozes quentes, retratando uma tocante e delicada paisagem liquida.

NOVA ZELÂNDIACounting The Beat

Princess ChelseaMonkey Eats Bananas


Todos os Maios, na Nova Zelândia, é o Mês da Música NZ (NZ Music Month). As vendas de discos e a sua passagem nas rádios de artistas aumenta muito e há uma celebração de talento musical local. Nos últimos dois anos, a revista Real Groove tem lançado um disco, em Maio, entitulado The Sound of Young New Zealand. Um dos temas que se destacou, na edição de 2008, foi “Monkey Eats Bananas”, uma canção tão contagiante que levei à loucura de membros do meu agregado familiar, por tantas vezes a tocar acabando por ser premiada com Song of the Year in Counting The Beat. É palerma mas completamente cativante. Xilofones, piano eléctrico, uma letra que não faz sentido e que só aparece a dois terços da canção, coberta por uma linha de baixo. Princess Chelsea irá lançar o seu disco de estreia e "Monkey Eats Bananas" será o primeiro single.



NORUEGA - Eardrums

I Was A KingWeighing Anchor

I Was A King é uma das bandas norueguesas que penso que terão sucesso em 2009. O líder, Frode Stromstad, tem uma capacidade única de criar melodias viciantes com raízes distintas nos anos 60. Distorcidas através do som indie dos anos 90, o resultado é “I Was A King”. No seu segundo disco, homónimo, que recebeu a pontuação máxima no jornal norueguês mais vendido, o trio tem a ajuda de artistas como Emil Nikolaisen (Serena Maneesh), Sufjan Stevens, Daniel Smith (Danielson) e Gary Olson (The Ladybug Transistor).

PERÚSoTB

TurbopotamosTerrorize You/Disco Flor

Depois de algumas demos circularem, o rumor que corria é que um novo som cool tinha despertado a adormecida cena local. Com No Love, de 2007, o segundo disco de Turbopotamos, o rumor provou ser verdade. Com as suas refrescantes composições, Turbopotamos têm desenhado um caminho que os levou a tocarem no mesmo concerto em que actuaram os REM e os Travis, em Lima, em Novembro.



PORTUGALPosso Ouvir Um Disco?

The WeathermanChloe’s Hair

The Weatherman ié Alexandre Monteiro, do Porto. Chloe’s Hair é o primeiro single do seu segundo disco, Jamboree Park At The Milky Way, que sairá em Fevereiro, que ele gravou com músicos convidados. Além de ser músico, o Alexandre tem a sua editora independente, Poptones, e uma arts collective, a Sublime. Graças a The Weatherman, os sítios que participam no MAP são os primeiros no mundo onde“Chloe’s Hair” está disponvel para descarregar gratuitamente. Obrigado.

ROMÉNIABabylon Noise

Les Elephants BizarresHave No Fear

Les Elephants Bizarres é uma banda alternativa formada em 2007, em Bucareste. Ao contrário dessas criaturas grandes e apáticas, estes dançantes e multi-coloridos Elephants têm uma apresentação muito fresca e vivida na cena musical romena. Os seus concertos fazem, usualmente, o público dançar ao som do seu indie-pop-disco-punk. Podem descarregar algumas das suas canções e ver actuações ao vivo no seu sítio (http://www.leseb.ro/).


SINGAPURAI’m Waking Up To…

I Am David SparkleJaded Afghan

O curioso nome da banda de Singapura, I Am David Sparkle, é uma tradução literal do nome de um famoso cantor de disco da Malásia, dos anos oitenta, M. Daud Kilau. A música deles, no entanto, só mostra um pouco dessa nostalgia. Em Jaded Afghan, tema retirado do seu segundo disco, This Is The New, uma cuidadosa tecelada sonoridade ambiental é animada por uma intrigante mistura de batidas e bleeps que movem-se, para trás e para a frente, no tempo. Para mim, o que mais destaca esta faixa é, no fim, o som gentil de uma guitarra vagueando com um som, ao fundo, negro e contínuo.



SUÉCIA Swedesplease

The Bridal ShopThe Ideal State

Não consigo dizer suficientes coisas boas sobre os The Bridal Shop. Eles juntam perfeitamente os sons da electro-pop, dos 80s, com o shoegze, dos 90s, e a indie, dos 00s. Noutras palavras, eles são o pacote completo. A sua editora perúana (eu sei que isso é um sítio um pouco estranho para uma banda sueca) Plastilina Records (http://www.plastilinarecords.com/ ) merece também kudos por lançar algum do melhor indie-pop da Cloudberry. Esta canção é do mini-albúm da banda, In Fragments, que saiu em Fevereiro.


Para descarregarem todas as 21 canções, carreguem aqui.

terça-feira, Janeiro 13, 2009

Aguenta o Tempo

M. Ward que, provavelmente, hoje já é mais conhecido pelo seu projecto com Zooey Deschanel (She & Him) do que pelo seu trabalho a solo, vai lançar um novo disco a 17 de Fevereiro (data para o lançamento nos EUA) que já tem um single de apresentação, "Hold Time", que é também o nome da nova obra.

"Hold Time", produzido por Mike Mogis (sim, o mesmo que é membro dos Bright Eyes), tem a colaboração de Zoey Deschannel, Lucinda Williams, Tom Hageman (Devotchka), Jason Lytle (Grandaddy), entre outros amigos de Matt Ward.


PODEM OUVIR os catorze temas do disco, graças, mais uma vez, aos nossos amigos americanos da National Public Radio, AQUI.


M. Ward - "Hold Time"

Pelle no Porto

Os que seguem as postas neste blogue sabem que tenho falado em Pelle Carlberg até à exaustão. Falei nele, a primeira vez, no final de 2005, em Junho e Outubro de 2006, em Março (melhor, o David Fonseca) e Maio de 2007, e, finalmente, em Outubro de 2008, a propósito do lançamento de "Lilac Time", o disco novo que Pelle Carlberg anda a tocar por vários cantos do mundo e que, já no dia 16, o leva ao Meu Mercedes é Maior Que o Teu, no Porto. Infelizmente, Lisboa não vai ser visitada, mas se quiserem ir a 13 ou a 14 a Madrid, ou, a 15, a Saragoça, ou a 17, a Barcelona, podem vê-lo por lá.

Dos muitos artistas suecos (Acid House Kings, Hello Saferide, I´m From Barcelona, José González, Shout Out Louds, Sambassadeur, The Sounds ) de que falei aqui, a maioria chegou à imprensa nacional e à única rádio privada em Portugal que aposta nesta música, a Radar, Pelle Carlberg é um dos poucos artistas que, infelizmente, ainda não mereceu qualquer atenção. Estou enganado?

Do novo disco, "Lilac Time", um tema em mp3, cedido gratuitamente pela sua editora:

Pelle Carlberg - 1983 (Pelle & Sebastian)

segunda-feira, Janeiro 12, 2009

Paris, Je T´Aime



Finalmente, o vídeo para o single de apresentação do novo disco de Morrissey: "I´m Throwing My Arms Around Paris". Por isso, quando vos faltar o sorriso da pessoa amada, sigam para Paris e abracem-se à Torre Eiffel ou a qualquer outro objecto com pedra e ferro. Afinal, o vosso amor, que ninguém quer, ainda pode ser correspondido por...uma Torre.


Morrissey - "I´M Throwing My Arms Around Paris"

Fonte da ilustração: Torre Eiffel (sítio oficial)

Brian Eno e Gaza

Sobre os recentes acontecimentos em Gaza, Brian Eno disse isto, no dia 3 deste mês, em Londres, na manifestação "Stop Gaza Massacre":

sexta-feira, Janeiro 09, 2009

Homevideohead

São de Brooklyn. Está tudo dito. São excelentes. Não, na verdade, são de New Orleans mas vivem em Brooklyn (mesmo que vivam em Queens, ninguém tem que saber).

Ouvindo "I Can Make You Feel It" e alguns dos temas da banda, penso muito nos Radiohead, por isso deixo à vossa consideração, como se estivessemos num circo romano, se eles devem viver ou morrer.

Os Home Video são David Cross (estudante de música) e Collin Ruffino (estudante de cinema) com Jim Orso, a dar duas mãozinhas, na bateria, nos espectáculos ao vivo. Segundo a sua biografia, lançaram o primeiro EP em 2004,via Warp Records, tendo tido passagem, na Grã-Bretanha, na rádio BBC 1. "No Certain Night or Morning" foi o primeiro longa duração, lançado em 2006, por uma editora nova-iorquina. O trabalho seguinte, o EP "It Will Be Ok", estará disponível no dia 13, na próxima semana, apenas em formato digital.

Home Video - "I Can Make You Feel It" (do EP "It Will Be Ok")

MySpace: Home Video
Sítio: Home Video

quinta-feira, Janeiro 08, 2009

PB&J


Peter, Bjorn & John estão a dar um download grátis de "Lay It Down" que ficou, na blogosfera, baptizado como "Hey Shut The Fuck Up Boy" (que também andou por aqui ). Para receberem o download gratuito têm que subcrever a newsletter dos suecos aqui.

Raio de Febre


Depois de alguma espera pelo vídeo de "If I Had a Heart"(co-produzido por Cristoffer Berg, a.k.a. Hird), falámos dos Fever Ray, o novo projecto de Karin Andresson (uma metade dos Knife), a 11 de Dezembro de 2008, finalmente, aqui está ele:

Fever Ray - "If I had a heart"




Realização: Andreas Nilsson (já dirigiu vídeos para os Knife, White Lies, Jenny Wilson, José Gonzálés)

quarta-feira, Janeiro 07, 2009

Besta Nobre na Rádio Pública

Há músicos que são como boas marcas. Levamos para casa sem experimentar. Para mim, o Andrew Bird é uma dessas "marcas". Compro e ouço em casa porque sei que a probabilidade de ele me desiludir é mínima, 0,000000001%. Caso houvesse algumas dúvidas, os nossos amigos da rádio pública norte-americana, a tal National Public Radio, que se faz graças a fundações, contribuições e sem taxas obrigatórias nas contas de electricidade de cada norte-americano, fizeram o obséquio de colocar online todo, inteirinho e sem migalhas, o novo disco deste nosso génio de Chicago.

O seu quinto disco chama-se "Noble Beast" e tem catorze temas para escorregarem pelas nossas papilas auditivas. Ainda segundo os nossos amigos NPRenses, haverá uma edição especial do disco, quando este sair a 20 deste mês, que terá mais um cd com temas instrumentais com colaborações com Glenn Kotche (baterista dos Wilco) e Todd Sickafoose (músico de jazz baixista).

Os temas de "Noble Beast" são:

1. Oh No
2. Masterswarm
3. Fitz and the Dizzyspells
4. Effigy
5. Tenuousness
6. Nomenclature
7. ouo
8. Not a Robot, But a Ghost
9. Unfolding Fans
10. Anonanimal
11. Natural Disaster
12. The Privateers
13. Souverian
14. On Ho

Os temas do disco extra, "Useless Creatures", incluído na edição especial são:

15. Master Sigh
16. You Woke Me Up!
17. Nyatiti
18. The Barn Tapes
19. Carrion Suite
20. Spinney
21. Dissent
22. Hot Math
23. Sigh Master


Podem ouvi-lo aqui (mas despachem-se):

MySpace: Andrew Bird

terça-feira, Janeiro 06, 2009

Ron Asheton (1948 - 2009)

Aos sessenta anos, faleceu Ron Asheton, um dos membros originais dos Stooges. Era o guitarrista e um dos co-autores, com Iggy Pop, dos temas da banda.

Foi encontrado, pela polícia, sentado num sofá, na sua casa, e julgam que já tivesse falecido há dias. Não há notícias sobre a causa da morte.

Biografia de Ron Asheton na Allmusic.


Referência: Ann Arbor News
Outros artigos:

"Stooges Guitarist Ron Asheton R.I.P." Pitchfork

"Stooges guitarist Ron Asheton found dead" NME

"The Stooges´ Ron Asheton - His 5 Greatest Riffs" NME

segunda-feira, Janeiro 05, 2009

Espectador e Aluno


Os nova-iorquinos Violens têm um novo vídeo.

Violens - "Spectator & Pupil"



Realização: Alia Raza

Parabéns aos Noivos

Na hora de adormecer, há crianças com sorte, isto é se Ben Gibbard (32) e Zooey Deschannel (28) produzirem descendência. Pelo menos, como já sabem, anunciaram que estão noivos. Se há cegonha já contratada, eles é que sabem.

Ben Gibbard & Zooey Deschanel - "All I Have To Do is Dream"