terça-feira, Novembro 30, 2004

Lipps, Inc.

Já que as "vips" gostam tanto de andar a exibir as suas novas próteses plásticas, peitos, lábios, "botoxes", nas revistas cor-de-rosa, nas praias jet-set, nos programas de "vips", espero que não o façam quando concretizarem remodelações plásticas destas. "Wont´t you take me to Funkytown?"

-----

Lipps, Inc. - "Funkytown" -> tema funk de 1980 desta formação de Minneapolis, recentemente incluído na banda sonora de Shrek2

Comércio Justo

Uma nova campanha pela Oxfam, alertando e divulgando factos sobre o comércio justo, conforme noticia o NME, tem algumas excelentes fotografias com algumas estrelas pop/rock:


Chris Martin
(Coldplay);

Alanis Morissette ;

Manos Finn (ex- Crowded House);

Youssou NDour :

Thom Yorke (Radiohead);

Michael Stipe (R.E.M.);

Nitin Sawhney.

Se desejarem, podem fazer um
download do screensaver com as fotos

A Caixa

Não é "A Caixa" do Manoel (que não voltará a trabalhar com o Paulo Branco na produção, segundo disse na entrevista em "Diga Lá, Excelência" n a Rádio Renascença/RTP2) mas esta que fará as delícias de alguns fãs este Natal.

segunda-feira, Novembro 29, 2004

Under The Bridge

Se fossem num barco de recreio, com mais umas noventa e nove pessoas, a passar por baixo de uma ponte, e, de repente, caisse do céu, tudo menos uma benção de Deus, mas um líquido amarelado e com um cheiro pouco agradável, não achariam graça.

Uma destas cem almas, que foi vítima precisamente de um incidente destes, também não achou. Por isso, a Dave Matthews Band tem agora que responder, em tribunal, por uma das condutoras de um dos seus autocarros da digressão, que achou que seria acertado despejar um tanque do autocarro, cheio de detritos humanos, ponte abaixo, para o rio Chicago.

O acidente, que ocorreu a 8 de Agosto, transformou o quadragésimo terceiro aniversário de uma das vítimas num aniversário de...Bem, vocês, sabem.

A banda podia até ponderar aproveitar o título do actual disco, "Under The Table and Dreaming", para pensar noutro, para o próximo álbum, em jeito de sequela: "Over The Bridge and Dumping".

Let´s Dance

Gostava de colocar os meus "red shoes" e de saber dançar como o Sr. Jerónimo de Sousa. Aposto que vai ser agora, com o regresso (?) da doutrina marxista-leninista, que vão converter a Quinta da Atalaia em habitação social.


P.S. Eu calculava que o McDonalds tinha sido criado pela KGB com a intenção de apanhar o peixe (o mundo) pela boca, porque não conseguia explicar jovens da JCP a comerem lá.

-------------------------------------

"Let´s Dance" - David Bowie

Let’s dance
Let’s dance

Let’s dance, put on your red shoes and dance the blues
Let’s dance, to the song they’re playin’ on the radio

Let’s sway, while colour lights up your face
Let’s sway, sway through the crowd to an empty space

If you say run, I’ll run with you
And if you say hide, we’ll hide
Because my love for you
Would break my heart in two
If you should fall
Into my arms
And tremble like a flower

Let’s dance
Let’s dance

Let’s dance, for fear your grace should fall
Let’s dance, for fear tonight is all

Let’s sway, you could look into my eyes
Let’s sway, under the moonlight, this serious moonlight

And if you say run, I’ll run with you
And if you say hide, we’ll hide
Because my love for you
Would break my heart in two
If you should fall
Into my arms
And tremble like a flower

Let’s dance
Let’s dance

Let’s dance, put on your red shoes and dance the blues
Let’s dance, to the song we’re playing
Let’s sway
Let’s sway, under the moonlight, this serious moonlight
Let’s dance
Let’s
Let’s
Let’s
Let’s sway
Let’s
Let’s dance let’s dance let’s dance let’s dance let’s dance
Let’s dance
Let’s sway
Let’s sway
Let’s dance let’s dance let’s dance let’s dance let’s dance
Let’s dance
Let’s dance

Marco Pólo

Marco Paulo continua a preocupar-se em encher o olho, nem que seja em playback. Com os seus jeitos emprestados a Tony Silva (ou é ao contrário?), e uma grande banda, onde havia uma secção de cordas (violinos), lá esteve a promover o seu disco no Herman Sic. De Fátima (a convite da Globo, como ele disse) para Carnaxide, o grande artista da rádio e da tv.

Em som directo, e logo a seguir ao amigo Marco, estiveram os Pólo Norte. Achei que tiveram uma performance excepcional, apesar de não ser fã desta banda.

P.S. No programa, gostei daquela alemã, com três papagaios, a demonstrar as capacidades destes animais no seu habitat natural: andar numa mini-trotinete, meterem argolas em anilhas, papaguear uma canção... Vão ao circo e aprendam coisas, que nunca souberam, sobre os animais.

P.S.2 - Num "directo" com o "Quintal dos Ranhosos", o Herman, no seguimento da sua guerra das estrelas com José Castelo Branco, aproveitou a sua conversa com o seu parodiado José Castelo Branco (excelentemente representado por Joaquim Monchique) e citou tanto este artigo do Correio da Manhã que mais parecia uma leitura integral.

P.S.3 - Noutra estratosfera, Jay Leno continua com piadas a Michael Jackson como esta:"Jermaine Jackson vai-se divorciar. Sabem quem é que se ofereceu para ficar com as crianças? Michael Jackson."

Where Are My Bricks?


Parece que algumas das crianças que cantaram no coro de "Another Brick In The Wall", dos Pink Floyd, lançado em 1979, não recebem royalties da sua participação desde 1997. No entanto, sendo hoje homens e mulheres, não perderam tempo e contrataram um advogado para receberem essas quantias da Royalties Society, já que tanto os Pink Floyd como Roger Waters dizem que não lhes compete a eles esse pagamento.

Wassup, Tony?

É claro que Natal so há um e há que aproveitar para lançar mais um disquito. É a arte do romance, segundo Tony.

P.S. O bom disco dele, "A Wonderful World", com K.D. Lang andava por aí, nas promoções, por 5 Euros.

Fingertips

De acordo com a Associated Press, parece que descobriram uma dedada (com tinta), numa carta do séc. XVIII, que suspeitam que seja de Leopoldo Mozart, o pai de Amadeus Mozart.

Existem poucos exemplos de documentos escritos pelo pai de Wolfgang.

Acordai

Fez, no último sábado, dez anos que Fernando Lopes Graça faleceu. Dos telejornais que vi, não encontrei um que se tivesse recordado dos dez anos do seu desaparecimento. No Expresso, falava-se no concerto na Aula Magna, a terceira vez que se ouviu "Requiem Pelas Vítimas do Fascismo", que se realizou na noite de sábado , mas pouco mais.

Nos nossos dias, parece-me que não havendo uma re-edição de um cd, o lançamento de um dvd ou de um livro, ou não havendo algum departamento promocional a recordar um acontecimento, não há interesse editorial para determinados assuntos culturais. E não quero nem pensar que ninguém, numa das quatro estações de sinal livre, não se tenha recordado. Afinal, Fernando Lopes Graça não foi uma figura menor da nossa cultura que se esqueça assim.




sexta-feira, Novembro 26, 2004

Diana

Com a desgraça que a carreira de Diana Ross se tornou nos últimos anos, aposto que alguém vai trazê-la, por meio vintém, a um reveillon e anunciar o facto com pompa e circunstância.

Seria tão bom vê-la no Coliseu.

Welcome Back!!!!

Olha, estes regressaram. Já desde Junho. Não tinha dado por isso.

Surfjan in The USA

Viva Michigan!

Ouvir.

Vende-se Discografia Completa

Anda uma pessoa anos e anos a comprar vinil, cds "stereo", e depois fazem-nos isto. Escorrem-nos o porquinho até ao último cêntimo.

Sr. Feliz & Sr. Contente


`Sobre as comparações com Roberto Leal, confirmou ter sido confundido com o cantor e só deseja “ter tanto público como ele tem no Brasil. Era sinal que estava a caminho de me internacionalizar”. ´in "Correio da Manhã"


Please Don´t Go

Podes esperar porque eu não vou dizer "please don´t go".

Hoje Também

O DN:música que, geralmente, para não arriscar a dizer todas as semanas, costuma ter uma entrada, na primeira página, com a foto ou o tema da capa desse suplemento. Hoje não, e estou certo que não por vontade do responsável desse suplemento.

Na primeira página do DN de hoje, apenas há um destaque para a entrevista a Hanna Schygulla e os GIFT ficaram apenas nas entranhas do jornal. Uma escolha editorial para a primeira página estranha, digo eu, porque os GIFT são uma das bandas pop-rock mais importantes dos últimos anos em Portugal e têm um disco novo. Porquê todo aquele espaço só para Schygulla? Há coisas que não é possível entender.

O Público não tem Schygulla mas tem um destaque digno na sua primeira página - o que é normal em ocasiões semelhantesc om outros artistas consagrados, nacionais e internacionais, tanto no Público como no DN.

Puxe dos seus óculos e, por baixo do destaque a Schygulla, leia que "Hoje também DN:música".

quinta-feira, Novembro 25, 2004

Bob Crespo

Um dia destes, talvez vejam o Mário Crespo a apresentar na versão portuguesa do "60 Minutes" uma entrevista com Bob Dylan.

É que Bob, que não dá uma entrevista a uma tv há tanto tempo que ninguém se recorda de quando isso aconteceu, foi entrevistado por Ed Bradley para "60 Minutes". No EUA irá para o ar a 5 de Dezembro.

E porque Bob fará isto? Pensemos, Senhores, pensemos. Por 100 Euros: Qual a relação da cadeia televisiva CBS com a Simon & Schuster ( a editora do recente livro de Bob)? (Ajuda: A resposta em Via e tem Com e tem monopólio - mais ajuda)

The Wyrd Sisters Are Doing It For Themselves

Jarvis Cocker (Pulp) e J. Greenwood (Radiohead) entrarão no próximo filme da série Harry Potter. Os dois farão parte de um grupo de bruxas, as Wyrd Sistes. E não pensem que eles são os primeiros personagens do pop-rock-alternativo a entrarem num filme do Harry Potter...Não. Ian Brown recolheu esse título ao participar no último filme.

Sandman


Para os fãs dos Morphine, esta compilação, feita pelos sobreviventes à morte súbita de Mark Sandman, aos 46 anos, seria uma óptima prenda de Natal.

Dia de Natal

Nade como oferecer um presente a um filho e ele(a), momentos depois, dizer:"Agradeço muito o seu presente mas, e peço desculpa, o senhor não é o meu pai".


O Que Eles Têm Em Comum?

O que têm estes homens em comum, para além de serem todos dos produtores mais bem pagos da música pop-rock da actualidade ( e nenhum deles ser membro do júri do "Ídolos"): Brian Eno, Flood, Daniel Lanois, Steve Lilywhite? (resposta abaixo)









R: Todos trabalharam como produtores no disco dos U2. Assim é batota!

quarta-feira, Novembro 24, 2004

Plastic Age

A idade do plástico.

-----------------------------

"Living in The Plastic Age" - Buggles
circa 1980

Every day my metal friend
Shakes my bed at 6am
Then the shiny serving clones
Run in with my telephones

Talking fast I make a deal
Buy the fake and sell what's real
What's this pain here in my chest?
Maybe I should take a rest

They send the heart police to put you under,
Cardiac arrest
and as they drag you the door
They tell you that you've failed the test


Living in the ...
Living in the plastic age
Looking only half my age
Hello doctor lift my face


I wish my skin could stand the pace
In the bed I read my mind
Remember how the mice were blind
I watch them fighting in their cage
Could this be the plastic age?


They send the heart police
to put you under cardiac arrest
and as they drag you the door
they tell you that you've failed the test


Living in the
Plastic age
Plastic age
Plastic age


They send the heart police to put you under Cardiac arrest
and as they drag you the door
They tell you that you've failed the test

Living in the plastic age
Plastic age
Plastic age

Diane

A pianista Diane Walsh, ganhou três prémios (classicstoday.com, classicstodayfrance.com e klassik- heute.com), pela sua performance neste disco de Aaron Copland.

Simply 24-27

De hoje a 27 de Novembro há Blues, Simply Blues, em Viana do Castelo.

hoje: Blues Hotel (Portugal)

25: Brian Kramer & the Couch Lizards (EUA)

26: The Holmes Brothers- (EUA)

27: Connie Lush & Blues Shouter (Reino Unido)


Feliz Metal

Eu chamo-lhe Heavy Metal (também lhe chamam a maior árvore de natal da Europa) ao vivo, junto à Torre de Belém. Dizem que tem oito milhões de lâmpadas e, se repararem, há uma que está desligada porque fiz uma ligação directa à minha casa... Viva a retoma!

Rilo Solo

A vocalista dos Rilo Kiley, Jenny Lewis, vai estrear-se a solo, sem sair da banda, na etiqueta de Conor Oberst ( aka Bright Eyes).

8/12

Bright Eyes a 8 de Dezembro na Arena em Madrid.

9 Meses

Britney Spears deu um novo significado ao ciclo da vida.

Algumas pessoas casam-se e, ao fim de nove meses, têm um filho (mesmo que seja ao fim de menos tempo, faz de conta que são nove meses para as velhas cuscas lá do prédio não deixarem de fazer o obséquio de entregar o pão fresco todas as manhãs "ao casalinho das águas furtadas"). Com Britney, os 9 meses têm outro significado. Ela casa-se e ao fim de nove meses...casa-se novamente.

Hello Hello

- Uno...dos...catorce...

- Um, dois, três, que eu saiba.

- Hello! Hello! Hola!

- Ó filho, se queres caramelos, tens que ir a Espanha.

- Vertigoooo...

- Ah, sim. aquele filme daquele senhor dos filmes...Alfredo Ixecóque, não é?

- Hello! Hola!

- Olha, porque é que aquele teu amigo da guitarra não tira o gorro? Tinha algum familiar que era comando na segunda guerra mundial ou é careca?

All The Way To Rena

Pai Natal, este ano quero este disco e este disco, isto se quiseres que te devolva as renas. Ah, e este.


Zombie s Independentes

Diversas bandas independentes vão fazer covers de temas dos anos 50 para a banda sonora de um jogo de vídeo, "Stubbs the Zombie".

A lista de participantes e temas é esta:

Ben Kweller - Lollipop
The Raveonettes - My Boyfriend´s Back
Death Cab for Cutie -­ Earth Angel
Rogue Wave -­ Everyday
Cake -­ Strangers in the Night
The Walkmen -­ There Goes My Baby
The Dandy Warhols -­ All I Have to Do Is Dream
Oranger ­- Mr. Sandman
The Flaming Lips -­ If I Only Had a Brain
Clem Snide ­- Tears on My Pillow
Rose Hill Drive -Shakin All Over
Milton Mapes -­ Lonesome Town
Phantom Planet ­- The Living Dead

Chato!

Encontraram a guitarra doBret Michaels, dos Poison, que tinha sido roubada há uma semana.

segunda-feira, Novembro 22, 2004

A Batalha de Pedro

Parabéns pelos vinte anos de La Batalla, de Pedro Caldeira Cabral.

Nervous Breakdown

Acho que vai me dar uma coisa mázinha com esta história de todas as rádios, inclusive a Radar, nos quererem enfiar pela goela abaixo o disco dos U2.

Comprem! Comprem! Comprem porque os U2 até gravaram uns vídeos em Lisboa e vêm na edição limitada (a 5 milhões?). Comprem porque Bono disse que esperaram vinte cinco anos para fazer este disco e que este é realmente o primeiro disco dos U2. Será para rir?

Sim, este é o primeiro disco da segunda dezena de discos da banda. Eu concordo também que "Vertigo" é muitos pontos acima de "It´s A Beautiful Day" e, provavelmente, "How To Dismantle..." venderá mais do que os 11 milhões unidades do que o último. Só por isso ficará na história da música pop porque, musicalmente, os U2 regressaram a 1987, "The Joshua Tree", mas com menos camadas de chantilly na produção.

P.S. Sr. Montez, se essas promoções aos U2 pagam a renda da casa e ajudam a Radar a ir vivendo, nós cá nos vamos aguentando. No problem.


I´m Just A Rescuer

Não interessa nada, eu sei, mas o David Lee Roth, o vocalista que deu muita piada aos Van Halen, é agora um homem certificado para prestar serviços de primeiros socorros. Não se sabe se ele vai gritar para as vítimas:"Jump".

sexta-feira, Novembro 19, 2004

Rodrigo Leão Volta aos Sétima Legião

Diz-se que Rodrigo Leão voltará aos 7ª Legião mas só por uma noite, a 26 de Novembro no Fórum Lisboa (na Av. de Roma), num concerto de solidariedade promovido pelo GAC.

Para além de Rodrigo Leão e dos Sétima Legião, também actuarão os Gaiteiros de Lisboa.

Ô Genio

É assim mesmo que está na capa do dvd lançado pela Rhino:"ô Genio". "O Génio", como deveria ler-se, é Ray Charles, em dvd, ao vivo em 1963, em São Paulo.

Ray Charles tinha 32 anos e, além do piano, carregava consigo uma orquestra. A experimentar e, para os fãs, a não perder.

Really Bright Eyes


Bright Eyes (ou Conor Oberst ) já entrou na história da música ao conseguir ser, na última semana de outubro, o primeiro artista independente a colocar dois singles. #Lua" e "Take It Easy (Love Nothin)", no nº1 e nº2 do top 100 de singles da Billboard. Imaginem só quem foi a última pessoa a conseguir este feito: Puff Daddy.

Bright Eyes roubou o primeiro lugar a Alicia Keys (com Usher). Apesar disto, não se consegue ouvir nenhum dos temas nas rádios denominadas como comerciais pois o top é baseado em vendas e não em airplay nas rádios.

Ai está a prova que não é preciso fazer parte da "corporate machinery" e de ter milhões para promoção (vejam os U2 com o novo disco) para se ter um (dois) sucesso(s).


Parabéns a Oberst, à Saddle Creek e a Omaha.

How To Dismantle A I Have Heard It All Before Band?

Enviem-me instruções, quando souberem.

P.S. Depois da presença de Bono e Edge na abertura da Biblioteca Bill Clinton ao lado de Clinton,
Bush Sr. e Bush Jr, alguém me sabe dizer se Clinton e os Bushes terão passes VIP para os concertos dos U2? É claro que Bono e Edge aproveitaram a inauguração para estrear o terraço da biblioteca, apesar da chuva, e tocar uma musiquitas. Há que vender o peixe...perdão, o disco novo.

Mau Maria

É uma pena que concertos de artistas como Maria Rita, que penso que beneficiariam o artista e o público se acontecessem noutro espaço, vão parar ao Pavilhão Atlântico.

quinta-feira, Novembro 18, 2004

mushaBoom

Esta música de Feist agarra-se aos neurónios...mushaboom...mushaboom. Podem ver um pouco do vídeo de "Mushaboom" no site de Feist .

hoof hoof

My Dear Deerhoof,

Obrigado pelo disco inteirinho à borla que colocaram no site.

Keep on rockin,

Povd

Sequela Invernal

Aproxima-se a silly season (versão inverno). Começa quando os supermercados abrem todo o dia aos Domingos. Acaba quando os supermercados deixam de abrir todo o dia aos Domingos. Nesta época, milhares de crianças perdem horas a tentar hieraquizar as preferências na sua lista de presentes desejados, mesmo aquelas que não terão nenhum.

----

ele - O quê?

ela - De que cor queres as bolas?

ele - Ó filha, escolhe as bolas da cor que quiseres.

Pressão nos Media

Enquanto por cá andamos há semanas a falar se houve pressão, se foi com gás ou sem gás, se houve água fresca ou natural na mesa, nos EUA, algumas empresas detentoras de estações de rádio, dizem que vão passar a trabalhar com promotores independentes e assim deixarão de receber dinheiro das editoras para passar música. Por lá, é legalmente proibido receber dinheiro ou prendas para passar a música pretendida pelas editoras mas, na realidade, isso é sempre díficil de fazer cumprir. No fundo, a "promoção" é sempre a mesma, seja de música ou de remédios, porque o objectivo é vender, mesmo que os discos ou os medicamentos acabem no lixo.*


* Está a decorrer uma campanha organizada por Povd & Associados em que aceitamos todos os cds que já não utilizem, mesmo nas embalagens, para serem reciclados e assim pouparmos o ambiente. Esta campanha não tem quaisquer fins lucrativos.

Damned They Know It´s Christmas Time


Um padre, na Inglaterra, achou que não seria boa ideia os Damned serem a banda convidada a acender as luzes da árvore de Natal.


Em Nova Iorque, Morrissey apareceu vestido de padre católico, no programa de tv de David Letterman, para cantar "The First of The Gang..."

Prenda Atlântica

No dia 21, boa sorte para os Gift no seu concerto no Atlantic Waves. Os Gift, por todas as razões, bem mereciam ser a próxima banda portuguesa a dar o grande salto para o mundo.

Papa´s Got A Brand New Pinback

"Lyon" pelos Pinback.

quarta-feira, Novembro 17, 2004

Insecticide

Se tem problemas com pestes na sua casa, fume tabaco que foi cultivado e tratado com dieldrina, e assim acabarão-se os seus problemas com insectos.


--------------

"Insecticide" - Fad Gadget

Meadowlands

Se Nick Cave tivesse um som mais folk talvez, às vezes, soasse como os Heavy Meadows neste tema.

Hector Not Coming


Depois do fim da digressão nas Américas, com um espectáculo ontem em Nova Iorque e posterior actuação no David Letterman, Morrissey voa até à Europa.

Nov. 22 Paris

Dez. 13 Glasgow
Dez. 14 Birmingham
Dez. 17 Brighton
Dez. 18 London
Dez. 20 Dublin

Fazer o gosto ao dedo, para quem não poderá vê-lo ao vivo nesta digressão.


Rolling Like A Stone

A revista Rolling Stone rola mesmo que nem uma pedra, há uns trinta ou quarenta anos. Só assim se pode compreender que na lista que fizeram das 500 melhores canções de todos os tempos, predominem temas dos anos 60 e 70, e dos 80 e 90 apenas contem temas que os membros júri provavelmente ouviram no auto-rádio, a caminho do supermercado.

Os Galácticos em DVD

Como desmantelar uma bomba ou como não levarmos a vida demasiadamente a sério? Basta apoiar o candidato Vieira. Ou como dizem no parla-mento:"vire pá página vinte-nuove".

Aqui reproduzo a pressa relisa:

20 ANOS A PEDALAR NA BOSTA

Gravação de DVD

com a presença do Candidato Vieira

Portugueses e portuguesas:

Esta mensagem destina-se unicamente a apagar de modo automático todos os vossos compromissos agendados para a noite do próximo dia 30 - sejam eles quais forem - pois augustos motivos de ordem nacional se impõem sobre tudo o resto! A razão é simples: O cidadão português conhecido como Candidato Vieira leva à cena nesta noite de gala um fabuloso espectáculo lúdico-musical que pretende celebrar o glorioso 20º aniversário do não menos conhecido agrupamento musical ENA PÁ 2000!
Mas a atracção-mor desta soirée deselegante não são os mirabolantes convidados com que o nosso homem costuma brindar as suas plateias. Não! É claro que não é todos os dias que se junta no mesmo palco a stripper Nelly Batmuma e o domador de sardinhas menstruadas Tony-Barracuda Transmontana - entre outras grandes atracções de gabarito inter-galáctico! O Paradise Garage - emblemática sala de espectáculos de Alcântara, foi o palco escolhido para a gravação do espectáculo em DVD, pela equipa experiente da não menos emblemáticas Valentim de Carvalho/Arco Films. A realização deste trabalho - que será duplo, e mostrará ao mundo todas as facetas do Candidato Vieira dentro e fora de palco - estará sob o domínio do pulso firme do grande Bruno de Almeida, celebrizado por obras desde "Na Corrida (aos filetes)", ao clássico "Cús e Mamas", e que se deslocará expressamente dos Estados Unidos para Lisboa para dirigir esta titânica iniciativa.
Pede-se pois a todos os concidadãos que ultrajem a rigor a fim de fazerem o respectivo brilharete frente às câmaras que vos hão de mostrar ao mundo. A bem da Nação, compareça, estremeça, e ...


BILHETES 10 euros (com oferta 1 bebida cápsula)

terça-feira, Novembro 16, 2004

This Is The Day

Em 1968, "The Jimi Hendrix Experience" chegou ao No.1 nos EUA com "Electric Ladyland".


Em 1985, Feargal Sharkey, o ex-vocalista dos Undertones chegou ao Nº 1 na GB com "A Good Heart", com Maria Mckee a dar um empurrãozinho nas vozes. E Sade também atingiu esse número com o seu disco "Promise".

E Diana Krall nasceu neste dia em 1964. Parabéns.

segunda-feira, Novembro 15, 2004

Sugarqubes

Querem um Sugarqube?

Death Cab for Atlantic

Depois da resistência vem a cedência.

Os Death Cab for Cutie vão deixar a pequena Barsuk Records e trocá-la pela Atlantic Records. No entanto, sairá ainda um EP na Barsuk antes do verão.

A banda já disse algo sobre isto. Transponho para aqui, para mais tarde recordar:

"The Rumors Are True: A Note From Ben
Hey there all! I’m here to say the rumors that have been dominating the message boards over the last few weeks are in fact true. We have signed to Atlantic Records.

Our decision to leave Barsuk was a difficult one, but thankfully it comes with the blessing of Josh Rosenfeld and everyone at Barsuk Records. Josh and the gang have been wonderful for us. If someone would have told me six years ago as Josh, Nick, Chris and I were sitting on a porch in Bellingham debating about how many records to press of the initial run of “Airplanes” (we though 500, Josh was convinced we could sell 1000) that Barsuk and DCFC would be in the positions we are today, I wouldn’t have believed them. Thank you Josh, Christopher, Emily, Grant, and Wes for all your hard work on our behalf at Barsuk Records over the years.

I know some of you out there may have conflicting feelings about our decision. Some of you may be under the impression that signing with a major label involves making some drastic changes. Thus, in the spirit of full disclosure, here is a detailed list of the changes that will occur now that we are on Atlantic Records:
1) Next to the picture of Barsuk holding a 7”, there will be the letter “A” on both the spine and back of our upcoming albums. I hope all of you can deal with this list.

See you soon,
Ben"

Mesmo Fininho

Na RTP Memória, na TV Cabo, há agora a oportunidade de gravar momentos únicos da história
da música moderna portuguesa isto porque, por lá, podem ver programas como o "Viva a Música". Neste fim-de-semana vi o Rui Veloso ao tempo que era mesmo "fininho" e quase tímido a falar para a televisão e também os GNR, na sua formação inicial, no vídeo de "Portugal na CEE", gravado no Rock Rendez Vous (como se pode ver pelas letras a piscar na tela por detrás da banda).

Recordar é viver. Será?

P.S. "Deixem Passar a Música" também será curioso de (re)ver.

You Jane...Me Tarzan

Jane Monheit esteve ontem a cantar ao vivo (mesmo) no Herman. Foi brilhante! Saí rapidamente da dormitação e entrei, à velocidade da luz, em fribilação.

Jane Monheit além de ser uma brilhante cantora é uma Jessica Rabbit morena em carne e osso.

Jane, posso ser o teu Tarzan?

Estragaram o Zézinho

O Dr. Pinto Balsemão estragou o Zézinho e deu-lhe um novo cenário que mais parece a paragem do metro das Olaias. Aquilo é grande, muito grande. Tem espaço para dois dispositivos de psicoterapia e, para as bandas convidadas e a residente, tem um palco decentemente "sized"que evita que os músicos se acotevelem.

Quando o Zézinho entrevistar o Jay Leno, o David Letterman ou outro grande dos talk-shows, lá vai ele com o dvd debaixo do braço para lhes mostrar:"Estás a ver? Estás a ver? O meu é maior que o teu." Conan O´Brien é que não tem tamanha sorte com o tamanho do estúdio. Bem, mas Herman também não tem um ex-E-Street Band na bateria.

Se querem que os bonecos do Quintal dos Ranhosos tenham mais piada, alternem com a "real-thing", "A Quinta das Celebridades", em "real-time". Apanhar simultaneamente Herman a fazer de Frota com o Frota do outro lado, é um delírio.

sexta-feira, Novembro 12, 2004

Zé da Viola

Ninguém tem a culpa, não. O promotor, Música no Coração, não tem culpa. Se alguém tem culpa é o Sr. Rufus e os seus companeros do management. Rufus toca só com o "violão" em Lisboa, como fez em todas as outras cidades, porque ele assim o quis por razões económicas ou outras. Nesta digressão, só na Grã-Bretanha é que os seus concertos aconteceram com banda.

Real Madrid

Será real em Madrid, a 15 de Dezembro, na Arena: Hidden Cameras e Delgados ao vivo.

Para viagem, junta-se uma boa noite de sono, um garrafão de água pé, uma quantidade de perceves (não esquecer o Festival da Batata Doce e Perceves ) ao gosto dos viajantes, um número de minis com um rácio de dez por cabeça, castanhas (muitas), amendoins (quantidade dependente do número de espanhóis que tivermos que subornar), tremoços e lenços de papel (para não sujar a mão) .

quinta-feira, Novembro 11, 2004

Queres Ganhar 1000 Dólares?

Ajudem os Campies e ganhem 1000 dólares.

I Vespri Siciliani

Dás-me boleia? E depois deixa-me ali no Lincoln Center, ok?

Shock The Monkey

Nada como, ao início do dia, olhar para um televisor. Porque não têm nada a ver com isso, não vos digo porque é que estamanhã virei para essa tv fabulosa, TVI. Nos cinco minutos que olhei para a televisão apanhei com o tempo, o trânsito e a apresentação de mais uma revista do grupo da Media Capital. Esta chama-se "Choque" e, segundo palavras do seu director, neste directo televisivo, é uma revista "sem conversa de chacha" isto porque aposta em fotografia(comentada com setas para evitar que os leitores não percebam a foto) e muito pouco texto.

Como o título diz, esta é uma revista de grande informação com temas como a "Isabel Figueira de lingerie", como se preocupou o director da revista em destacar, e muitas fotos com motivos de interesse: sangue, tripas, "porrada", bambis a afogarem-se em cheias, jogadores de futebol com as mãos nos testículos do adversário... E como não há tempo a perder, nada de conversas de chacha. A minha sugestão é que acompanhem as fotografias com outras fotografias...Assim sim, teriamos a "conversa de chacha" ao mínimo.

Ò Pedro Gabriel, shocka aí o monkey.

Are Friends Electric?

Quando Gary Numan escreveu "Are `Friends´ Electric?" a última coisa que devia estar a pensar era na sua conta de electricidade.

Pensando sobre o assunto. Serão mesmo os amigos eléctricos?

Há quem tenha amigos a carvão. Pessoas que exigem uma manutenção contínua e que nos dão mesmo muito trabalho e, ainda por cima, obrigam-nos a andar sujos e cheios de nódoas para manter a sua "hi-maintenance". Acabando-se o carvão, temos que sair de casa, faça chuva ou sol, para arranjar mais ou lá se vai a amizade.

Há quem tenha alguns amigos a vento. São aquelas pessoas que nos telefonam ao fim de vinte anos, sem nenhuns encontros ou conversas, porque viram-nos na televisão a levantar o prémio da lotaria ou porque "como tu és advogado, pensámos que nos conseguisses dar umas dicas".

Os amigos a energia nuclear são muito bons amigos até ao dia em que há uma zanga. Logo que uma acontece, eles tornam-se extremamente activos na má-lingua sobre tudo que sabem das nossas vidas num perímetro vastíssimo, dos nossos amigos comuns às pessoas que nunca vimos. Só sabemos disso no dia em que ouvimos alguém desconhecido, no Metro, comentar sobre a nossa vida:"Ele bate na mulher, na empregada, na porteira, e comeu uma perna ao filho. Acho que até o pit-bulll anda num psiquiatra. Imagine só."

Os amigos a energia de hidroeléctricas são extremamente caros. Esperam que os levemos a jantar em restaurantes ultra-dispendiosos, não andam de táxi, o telemóvel deles é um alfinete em platina e, em anos de seca, tornam-se mais dispendiosos e exigentes. Também esperam que lhes abram as comportas e que falem tudo o quiserem sem nos darem hipóteses de passarmos de um monólogo a um diálogo. Caros e chatos.

Os amigos que não consomem qualquer energia...


quarta-feira, Novembro 10, 2004

Também Tu?

Já repararam que é rara a revista de música que não tenha tido os U2, ou um dos bonecos dos U2, na capa na edição de Outubro ou Novembro? Exemplos: Uncut, Q, Blender...

Alguém que ouviu o novo disco disse-me que achou o single, "Vertigo"(?), o melhor tema. Os outros têm um vector no sentido descendente... a grande velocidade.

E não gostam quando o Bono coloca os seus óculos Dolce & Gabanna? Está muito "fashion" o "irish boy".

POSTAL SERVICE já era

Os rapazes dos Postal Service poderão ter que mudar de nome ou arranjar algum acordo com a "U.S. Postal Service" para continuarem a utlizá-lo.

Os rapazes dos selos e dos carimbos, lá da América, não gostaram da ideia e incomodaram os Postal Service, a banda.

Cá já tivemos uns CTT e até temos uns GNR. Somos muito evoluídos. I am so proud. Vou cantar o hino. SILÊNCIO!

Some Link It Hot

Se não conhecem já, apontem aí: Eleni Mandell. Ouçam "County Line" e "Yellow Light" que são duas delícias, uma com muito açucar e a outra com muito whisky.

O Fantasma Gray

Gosto do "Gray Ghost" dos Fever. From 2004 back to 1978, all over again.

terça-feira, Novembro 09, 2004

Lê Um Livro e "Get Brain"

Se alguém da gestão publicitária dos transportes públicos de Nova Iorque soubesse o que, no calão, "get brain" quer dizer, talvez o anúncio a uma marca de roupa que, aparentemente, parecia estimular a leitura, nunca tivesse passeado, durante meses, nos autocarros daquela cidade.

segunda-feira, Novembro 08, 2004

I Am Afraid of Americans

De alguns, pelo menos. Mas destes não:
estão desculpados.

------------
"I am afraid of Americans" - David Bowie

Amazing Grace

Alguma alma carinhosa passará isto nas nossas salas?

Some Link It Hot

Estamos em 2004 ou em 1978? Whatever.

The Idiot

O Herman esteve em Las Vegas e entrevistou Elton John que, entre outras coisas, admitiu ter sido um "idiota" por ter deixado o Casino do Estoril, quando por cá esteve em Setembro de 2000, e não concretizou a sua actuação, deixando 1500 "smokings" pendurados nos seus havanos e nas suas donanetes. Elton disse que o fez por as pessoas estarem a fumar. Na altura circularam outras notícias mas acredito mais na versão de Elton John. No entanto, se essa não era uma condição contratual, Elton tinha mais era que sentar o seu traseiro no banco e tocar meia dúzia de temas e, no fim, dizer "I love you Portugal".

E vocês dizem: "Lá em Las Vegas devem fumar pouco, devem. " Não é verdade. O "Colosseum" no "Caesars Palace", onde Elton estará com o espectáculo "Red Piano", tem como regras de admissão, entre outras, estas: "No Cameras of any kind are allowed. No outside food or beverages allowed. The Colosseum is a non-smoking venue."

Na entrevista, Elton esteve bem, apresentando-se muito descontraído e falador e dando pouca importância, ou conversa, aos exibicionismos usuais de Herman nas suas "conversas" com as estrelas (assim como lhes quisesse dizer, "sabes, pá, lá na minha província, eu sou um tipo importante") . Who cares???


The Idiot

sexta-feira, Novembro 05, 2004

Piada Do Dia

A piada do dia não tem nada a ver com futebol.

Dizem por aí que "Chinese Democracy" dos Guns n Roses poderá ser lançado em Fevereiro de 2005.

Acho que mais rapidamente a China se tornará numa democracia do que este disco sairá para a rua.

Nunca

Esta digressão nunca chegará cá.

Compra um Pixie

Ou compra-os todos.

Rip, Pig & Panic

"Rip" vem de gravar cds. "Pig" é o que alguns chamam ao senhor arbusto. "Panic" é o que sentirão algumas editoras e respectivos executivos ao verem a capa e o interior da revista Wired (não confundir com a outra revista sem um D no fim) de Novembro.

Na capa estão os três Beastie Boys e, no interior, um cd com 16-dezasseis-16 músicas por David Byrne, Zap Mama, My Morning Jacket, Spoon, Gilberto Gil, Dan The Automator, Thievery Corporation, Le Tigre, Paul Westerberg (o, há muito, ex-Replacements), Chuck D, The Rapture, Cornelius, Danger Mouse & Jemini, DJ Dolores, Matmos, para além dos próprios Beastie Boys.

Mas se forem daquelas pessoas que compram revistas para ler, lá dentro há muito sumo sobre o (quase) velho tema da partilha de músicas na internet (e outros temas). Na curta entrevista a Byrne neste número, ele revela-se como um grande apoiante da possiblidade das pessoas copiarem e partilharem e "samplarem" música sem fins comerciais (aliás, ideia avançada com este cd com direitos de licenciamento pela Creative Commons). Não há nenhum tema do Sr. Vitor Espadinha, neste disco.

---------------------
Rip Pig & Panic foi uma banda dos oitenta formada por ex-punks. A vocalista era a Neneh Cherry.

quinta-feira, Novembro 04, 2004

BUSH vid

Recebi alguns mails perguntando de quando era este vídeo, do Presidente dos EUA. Segundo o site original onde ele apareceu, foi gravado enquanto ele ainda era governador do Texas.

Some Link It Hot

Rilo Kiley

Letra Oportuna

"It´s A Hit" pelos Rilo Kiley

Any chimp can play human for a day.
Use his opposable thumbs to iron his uniform
and run for office on election day
fancy himself a real decision maker
and deploy more troops than salt shakers.

But it’s a jungle when war is made,
and you’ll panic and throw your own shit at the enemy.
The camera pulls back to reveal your true identity.
Look, it’s a sheep in wolf’s clothing.
A smoking gun holding ape.

Any asshole can open up a museum.
Put all of the things he loves on display
so everyone could see them.
The house, a car, a thoughtful wife
ordinary moments in his ordinary life.

But if she breaks a smile, she’ll give you away
‘cause no one wants to pay to see your happiness.
No one wants to pay to see your day to day
and I’m not buying it either
but I’ll try selling it anyway.

Any idiot can play Greek for a day
and join a sorority or write a tragedy
and articulating all that pain
and maybe you’ll get paid.

But it’s a sin when success complains,
and your writers block- it don’t mean shit.
Just throw it against the wall and see what sticks.
Gotta write a hit.
I think this is it.
It’s a hit.

And if it’s not,
then it’s a holiday for hanging
yeah it’s a holiday for hanging
yeah it’s a holiday for hanging
yeah it’s a holiday for hanging
yeah shoo-bop-shoo-bop my baby

Any fool can play executioner for a day,
and say with fingers pointed in both directions
‘he went thataway’,
It’s only a switch or syringe,
aww, exempt from eternal sins.
But you still wear a cross,
and you think you’re gonna get in.

Ah, but the pardons never come from up-stairs.
They’re always a moment too late,
but it’s entertainment
keep the crowd on their toes,
it’s justice, we’re safe.
It’s not a hit, it’s a holiday
shoo-bop-shoo-bop my baby

It’s a holiday for hanging, yeah
It’s a holiday for hanging, yeah
It’s a holiday for hanging, yeah
It’s a holiday for hanging, yeah

I’m a holiday for hanging,
I’m a holiday for hanging,
I’m a holiday yeah
I’m a holiday for hanging,

It’s a holiday for hanging, yeah

Huggy Bear

É bom ler notícias como esta e sabermos como a nossa espécie tem capacidade para preservar a "sua" fauna e flora para gerações futuras.

Os Huggy Bear nada têm a ver com isto e ouvi-os, a primeira vez, graças ao John Peel.

Outros:

BBC News notícia 1

BBC News notícia 2

quarta-feira, Novembro 03, 2004

A Maria Tinha Um Amplificadorzinho

A arte da capa e algumas colaborações neste disco para crianças é excepcional.

"Mary Had A Little Amp" tem, por exemplo, temas por Joe Henry ("When You Wish Upon A Star"), Lou Reed e Laurie Anderson ("Gentle Breeze"), Madonna ("Little Star"), Moby ("Anchovie"), e R.E.M. ("We Walk"), e a receita das vendas reverterá para o projecto Kid Smart da People For The American Way

I.R.S.

Sim, I.R.S. foi uma editora de um irmão de um dos Police (tinha sido mais curto escrever Stewart Copeland mas queria dar um ar de ignorância à coisa) que lançou inúmeras coisas desde o(s) Klark Kent (uma one man´s band pelo próprio Stewart Copeland) aos Wall of Voodoo.

Eu estava antes a pensar noutro I.R.S., no Internal Revenue Service (designação para o Serviço de Finanças americano) e nos seus rapazes que, nos próximos meses, à ordem dos "boys" do Sr. Bush são capazes de fazer umas visitas à contabilidade do Bruce Springsteen, R.E.M., Eminem,... "Rock"ará mas não será o "vote".


terça-feira, Novembro 02, 2004

BUSH

Hoje, neste dia de eleições na terra dos gringos , Bush é a banda que mais detesto.

"You can Kerry that weight". Que vença Kerry e espero que, "You Can Carry That Weight", não seja uma das 100 canções dos Beatles que Michael Jackson comprou os "publishing rights", senão, por alterar a letra, ainda acabo a catar as pulgas do Bubbles.

Para que durmam descansados, pensem só que este homem pode estar amanhã ao leme do país mais poderoso de "Planet Earth".

Feliz Keith

Feliz aniversário para o "tecladista" Keith Emerson, agora na reforma, e mais conhecido pelo trabalho nos Emerson, Lake & Palmer.

OSSO exótico

O que é que este homem não faz? E agora tem um look de Dartacão. Grande disco, este Osso, ao vivo hoje na Aula Magna.